Institucional

Sobre o Sanep

A primeira tentativa de implantar um serviço de abastecimento e distribuição de água em Pelotas foi em 1861. O italiano Ângelo Cassapi propôs um contrato para fornecimento de água por meio de um poço artesiano. A água era levada às casas via encanamento de ferro. O serviço foi aperfeiçoado ao passar dos anos, até que em 1965 foi criado, pela lei nº 1.474, o Serviço Autônomo de Água e Esgotos (SAAE) como entidade autárquica municipal, dispondo de autonomia econômico-financeira e administrativa. O SAAE era responsável por exercer quaisquer serviços relativos à água e esgotos.

Em 02 de maio de 1984, pela lei no 2.838, sancionada pelo então prefeito de Pelotas, Bernardo de Souza, foi alterada a denominação do serviço de saneamento de SAAE para Sanep (Serviço Autônomo de Saneamento de Pelotas). A partir desta data, o Sanep passa a ser responsável pela captação, tratamento e distribuição de água potável, coleta e tratamento de esgotos sanitários e coleta, tratamento e destinação dos resíduos sólidos. Em agosto de 2002, o Sanep recebeu da Prefeitura Municipal de Pelotas, por decreto, o dever de cuidar do Sistema Pluvial da cidade.

Atualmente o Sanep é responsável pela captação, tratamento e distribuição de água potável, coleta, tratamento e destinação de resíduos sólidos, coleta e tratamento de esgotos sanitários e pela macrodrenagem urbana. Possui aproximadamente 800 funcionários* que atuam nos diversos departamentos, divisões e setores da autarquia. A partir do ano 2000, a contratação passou a ser efetuada somente mediante concurso público, e o regime de trabalho é baseado no Estatuto (lei municipal Nº 3.008/1986), podendo ocorrer contratações emergenciais quando necessário.

Gestão de Resultados

Três superintendências, quatorze departamentos, vinte e oito divisões e quatro setores dão suporte aos serviços prestados pelo Sanep durante a gestão 2017-2020, liderada pelo advogado Alexandre Garcia (PTB).

  • 810 funcionários*
  • Serviços com plantão 24 horas
  • Atendimento ao público das 9h às 18h30min
  • Rua Felix da Cunha, 653.
*Dados de março/2019

Livro institucional

Campanhas institucionais